Direitos dos Disléxicos no Enem 2019

Direitos dos Disléxicos no Enem 2019

Tempo de leitura: 3 minutos

Seguindo a Tradição aqui no DislexClub, vou mostrar AGORA os Direitos dos Disléxicos no Enem 2019 . Um passo a passo simples e direto de como os disléxicos conseguem garantir auxilio leitor, mais tempo de prova etc. Vou te passar TUDO! Para fazer inscrição no Enem 2019 clique aqui!

Direitos dos Disléxicos no ENEM 2019

  • Auxilio para Leitura: Alguém para te ajudar na leitura de textos e descrição das imagens;
  • Auxilio para Transcrição: Alguém para transcrever as respostas das provas objetivas e a redação;
  • Tempo Adicional:  olha que incrível, você terá o direito à 60 minutos a mais em cada dia de prova (ou seja 1 hora a mais).

Como realizar a Inscrição no ENEM 2019 | PASSO A PASSO

Este ano o INEP me surpreendeu positivamente! A inscrição está mais fácil e mais intuitiva, você vai perceber no passo a passo abaixo:

1) No menu “Atendimentos”, você deve marcar PRECISO e em seguida clicar em PRÓXIMO

direito dos disléxicos no enem 2019

2) Selecionar “Dislexia” como condição especial desejada

direito dos disléxicos no enem 2019

3) Selecionar os Recursos Facilitadores Desejados

direito dos disléxicos no enem 2019

4) Anexar o laudo que comprove a sua dislexia (Formatos de Arquivos aceitos: PDF, PNG, JPEG de no máximo 2MB)

direito dos disléxicos no enem 2019

Perguntas Frequentes:

1) O que o Laudo Médico deve conter?

LAUDO MÉDICO, constando as seguintes informações:

  1. A identificação do PARTICIPANTE (nome completo, idade, etc.);
  2. O diagnóstico completo da condição do participante;
  3. Informar o código CID (Classificação Internacional de Doenças) + código específico do transtorno/distúrbio em conformidade com o diagnóstico – no caso da Dislexia é CID10 R48
  4. Papel timbrado, letra legível, com assinatura, carimbo e identificação do médico com o respectivo registro no Conselho Regional de Medicina – CRM.

2) E se o participante com dislexia NÃO possuir laudo médico?

DECLARAÇÃO / PARECER, somente quando o participante com DISLEXIA, DISCALCULIA E TDAH não possuir de Laudo Médico. Na Declaração/Parecer deverá constar as seguintes informações:

  1. A identificação do PARTICIPANTE (nome completo);
  2. A descrição detalhada do transtorno;
  3. Informar o código CID + código específico do transtorno/ distúrbio (no caso da Dislexia é CID10 R48);
  4. Letra legível; Papel timbrado da entidade ou equipe multidisciplinar ou profissional habilitado da área da saúde;
  5. Identificação da entidade; equipe multidisciplinar; ou do profissional da saúde, assinatura e carimbo.

3) E se meu documento não for aceito?

  • O resultado da análise do documento comprobatório deverá ser consultado pelo endereço https://enem.inep.gov.br/participante , a partir do dia 22 de maio de 2019.
  • Em caso de reprovação da documentação anexada, o participante poderá solicitar recurso, das 10h do dia 23 de maio às 23h59 do dia 29 de maio de 2019 (horário de Brasília-DF), pelo endereço https://enem.inep.gov.br/participante .
  • O participante deverá inserir novo documento que comprove a necessidade do Atendimento Especializado. O resultado do recurso da solicitação de Atendimento Especializado, deverá ser consultado no endereço https://enem.inep.gov.br/participante , a partir do dia 5 de junho de 2019.

Critério de Correção

Como nas edições anteriores, a CORREÇÃO DA PROVA DE REDAÇÃO dos participantes DISLÉXICOS, levará em consideração características linguísticas do transtorno/distúrbio;

Relato de Disléxicos que Fizeram Prova do ENEM Diferenciada

Bom, agora que você já sabe tudo sobre os Direitos dos Disléxicos no ENEM 2019, é hora de pegar firme nos estudos, e ficar “afiado” para a maratona de provas, pois atendimento diferenciado não é sinônimo de aprovação automática.

O Atendimento Diferenciado no ENEM visa proporcionar a concorrência justa e igualitária à todos os candidatos inscritos #FicaDica #DeusAbençoeSuaProva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *