Como Escolher um Plano de Saúde para Pessoas com Dislexia

Tempo de leitura: 2 minutos

Buscar um plano de Saúde para Pessoas com Dislexia, é desejo de diversos pais. Infelizmente o custo da dislexia acaba sendo é alto demais, e o orçamento familiar não dá conta. Custo com psicólogo, custo com neurologista… se formos colocar tudo na balança a situação fica realmente complicada.

Um plano de saúde acaba sendo uma ótima opção, principalmente para as famílias que não podem arcar com os altos custos da saúde. Porém para não ter dores de cabeça ou imprevistos indesejados o ideal é se informar bem e pesquisar muito. Aqui está um checklist para te ajudar a avaliar os planos que você pensa em contratar.

Pontuação na ANS

A ANS divulga anualmente o ranking de operadoras com base na qualidade do serviço. Além da consulta pela internet, você também pode ter acesso à ANS pelo telefone 0800-7019656.

Avaliação de outros Clientes

Confira a posição da operadora que você pretende contratar no índice de reclamações, assim você poderá conferir a qualidade dos serviços oferecidos pela ótica de quem usa.

Lista de planos suspensos

ANS anuncia a cada três meses uma lista de planos suspensos por não cumprir as exigências de atendimento. Fique ligado no site da agência e confira se o plano não está sendo comercializado ilegalmente.

Cobrança da mensalidade

Fique atento em como será feita a cobrança do plano. No geral, as operadoras cobram um valor fixo por mês, você usando ou não o plano. Mas existem também a coparticipação, onde as operadoras cobram uma mensalidade fixa menor, mas adicionam um percentual a ser pago pelos atendimentos realizados, como consultas, exames e internações.

Rede de Atendimento

Verifique a rede de atendimento, veja se você vai conseguir ser atendido nas localidades que você quer, assim, sabendo tudo de antemão você não será pego desprevenido quando precisar de serviços médicos.

Cobertura obrigatória

As empresas de planos de saúde são obrigadas por lei a oferecer alguns tipos de coberturas. Um exemplo de obrigatoriedade é o plano ambulatório-hospitalar. Fique atento também às doenças da lista CID-10 da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa lista é constantemente atualizada e por lei, todas as doenças inclusas nessa lista têm cobertura obrigatória.

Essas dicas foram tiradas do Valor de Planos de Saúde


Confira outros artigos do Blog DislexClub:

1 comentário


  1. O problema do plano de saúde é que os profissionais realmente qualificados não trabalham com eles.Meu filho ficou fazendo fonoterapia por 3 anos em convenio apenas qdo.passei a utilizar os serviços de uma fono particular com especializacao as coisas clarearam.Ainda não sei se ele é dislexico está no começo da alfabetização. bjs adorei o clube!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *