Como Ser um Disléxico de Sucesso

Como Ser um Disléxico de Sucesso

Tempo de leitura: 11 minutos

Um dos maiores questionamentos que os disléxicos se fazem é: “Como Ser um Disléxico de Sucesso?”. Neste texto, espero conseguir te passar algumas estratégias que deram muito certo comigo, espero que aqui você encontre a motivação e a inspiração para seguir em frente. No meu caso, assumir minha dislexia fez toda a diferença, porque foi depois disso que comecei a identificar que aprendo a partir dos meus pontos fortes e não ao contrário, afinal passei boa parte da minha vida focando nas minhas dificuldades e isso deve estar acontecendo com você também, meu objetivo com esse artigo é te provar que é totalmente possível sermos tudo o que quisermos independente do nossa condição.

Primeiro Passo para ser um Disléxico de Sucesso

O que mais me atrapalhou nesse processo, foi um diagnóstico tardio, pois passei boa parte da minha vida com uma mentalidade inferior a da minha capacidade, vou te dar alguns exemplos:

  • Eu focava muito no, EU NÃO SEI, aceitando tudo passivamente, eu literalmente não fazia ideia do que fazer para ter uma vida melhor, vivia insatisfeita, frustrada e infeliz;
  • Eu também passava na minha mente o EU NÃO QUERO, me faltando ambição e completamente apática diante da vida, não tinha brilho nos olhos para nada, sabia que a vida poderia ser melhor mas não me importava o suficiente para fazer o que deveria ser feito, eu pensava: “ Por enquanto vou continuar assim mesmo, quem sabe um dia as coisas mudam”, juntamente com essas duas mentalidades,
  • Outra que me aprisionava era EU NÃO CONSIGO, e antes mesmo de tentar eu já pensava e fala isso, não tinha nem o mínimo de autocontrole e autoestima, era mais ou menos isso que passava pela minha cabeça: “ Eu sei que posso ter uma vida melhor e quero mudar e crescer, mas eu não consigo”.

Tudo isso que passava pela minha cabeça me paralisaram durante anos, fazendo eu me sentir impotente, incapaz, cheia de energia negativa, culpada e muito frustada….doía muiiiito, abalando TODAS as áreas da minha vida! Porque eu simplesmente me identificava com elas. Alicia de Fernández, em sua obra A INTELIGÊNCIA APRISIONADA (1991), diz “ A libertação da inteligência aprisionada, somente poderá dar-se através do encontro com o perdido prazer de aprender”. Por isso o principal papel de um Psicopedagogo em relação aos que atende é, segundo a mesma é recuperar o prazer de aprender e a nós mesmos, recuperar o prazer de trabalhar aprendendo e de aprender trabalhando. Porque deveria ser sofrido? A resposta está justamente, porque na maioria dos casos o foco é no que falta e não na abundância que já temos.

Mudança de Mentalidade Tão Necessária

O caminho pelo qual percorri, para transformar essas mentalidades foi o aprendizado a cerca de mim mesma, me conhecendo para além do que realmente sou, vou te explicar melhor. Quando descobri que tenho dislexia e assumi isso, descobri que para além das dificuldades que enfrentava, eu tinha pontos fortes incríveis e nunca havia me dado conta, a partir do momento que comecei a usa-los comecei a aprender mais rápido e de maneira mais fácil, fluía como nunca achei que fosse possível, sem me sentir entediada, pois percebi que nosso aprendizado deve fluir naturalmente, sem resistência, isso faz total diferença.

Nós disléxicos somos condicionados desde sempre a focar nas dificuldades, o que não faz nenhum sentido se pararmos um pouco para pensar, impedindo o indivíduo de se tornar um disléxico de sucesso, isso é justamente ao contrário que devemos fazer, temos sim que ter total conhecimento do quem somos, é exatamente isso que fará alavancar nosso sucesso desenvolvendo o que temos de melhor. Nós disléxicos temos características maravilhosas e porque não usa-las a nosso favor mostrando assim todo nosso potencial? Mas infelizmente pensamos assim e ouvimos opiniões sobre nós tão cruéis, pode estar tão forte em você que não sabe nem por onde começar, não é mesmo? Nos sentimos tão incapazes que ficamos estagnados. Vou cumprir o que prometi e te ajudar a começar.

Focando nos Pontos Fortes

É mais simples do que você imagina, vamos lá. Pense em algo fácil e que você faz naturalmente, algo que você considera tão fácil que chega a pensar que todo mundo faz ou que é fácil para todo mundo, e é justamente por pensar assim que você não da valor, mas deixa eu te dizer um segredo que ninguém te conta, NÃO É FÁCIL PARA TODO MUNDO. Não é só porque você considera fácil e natural para você que é para todos, aí você não valoriza essa sua habilidade, e você não valorizando quem irá valorizar?

Partindo desse princípio, não importa o tamanho que você tem, você pode ser o que quiser, começando por se conhecer para além daquilo que você é! O maior impedimento para isso é a nossa mente, pois alguns se apropriam  fortemente no lado negativo, em tudo “o que perdeu” ou no que não conseguiu até agora, quando isso acontece e você se identifica com o que a mente te fala isso inevitavelmente vira uma verdade e uma realidade em sua vida. A mente nos restringe quando existe essa identificação não deixando nossa vida fluir naturalmente e gastamos muita energia tentando ser o que não somos, pois estamos focados em nossos pontos fracos, pois diante deste transtorno de aprendizagem a visão que temos e automaticamente os outros também são justamente as nossas limitações, tudo isso dá mais trabalho físico e mental do que simplesmente deixar fluir quem somos.

É preciso desapegar dessa identificação negativa da dislexia e nos tornar quem realmente somos integralmente, com a intenção no futuro que queremos.

Metáfora da Árvore

Para ficar mais fácil a compreensão, vamos usar uma das nossas melhores habilidades agora e IMAGINAR. Pensa junto comigo, uma árvore nasce para dar frutos e ela faz isso naturalmente, fluindo, sem nenhuma resistência, mas mesmo que haja (por ser em um centro urbano) ela derruba para crescer e frutificar como podemos vê nas calçadas por exemplo, então o que quero que você compreenda é que da mesma maneira nós nascemos para realizar nossos sonhos.

Tenha clareza dos seus sonhos e siga, deixe fluir naturalmente seus dons e talentos, não resista a eles ASSUMA QUEM VOCÊ É! Nosso propósito de vida é algo natural, você é um disléxico único, não há mais ninguém como você, mais ninguém pode fazer o que você faz, então da mesma maneira que a árvore tem sua função natural de crescer e frutificar e não importa as circunstancias que se apresentam, você tem um propósito natural de ser um sucesso na área que escolher.

Só que muitas vezes por causa da nossa dislexia, durante nossa jornada escutamos coisas e por causa das dificuldades que temos acabamos nos identificando com elas impedindo nossa vida de fluir naturalmente, agindo contra nossa própria natureza, meu convite para você hoje é não ouvir quem só te traz negatividade e não se identificar mais com sua mente quando ela vier com esses pensamentos a seu respeito, quando os pensamentos chegarem deixe eles irem, não se apegue a eles, não resista, pois tudo aquilo que você resiste é o que persiste. A dislexia não é um ponto final, muito pelo contrário no meu caso foi o ponto inicial afinal de contas descobri depois de adulta e meu maior objetivo é te ajudar a não sofrer o tanto que sofri e aprenda muito mais cedo a desenvolver seus pontos fortes, ter um propósito definido e seguir rumo ao seu alvo.

Processo de Aprendizado

Para isso é necessário ter uma mente aberta, saindo da maneira automática que você sempre fez suas escolhas e trazer a consciência começando a fazer novas escolhas, cooperando assim para o seu sucesso. O processo de aprendizagem segundo Piaget passamos pelo processo de Assimilação e Acomodação do conhecimento e para assimilar de maneira eficiente o que você precisa é estar 100% presente no momento em que o conteúdo esta sendo passado para você (seja em qualquer momento da vida, não só em sala de aula), aplicando o que foi assimilado logo em seguida para que exista uma acomodação bem feita, dessa forma você consegue ter sua atenção no presente com a intenção no futuro, ou seja, fazer o que precisa ser feito hoje para atingir o seu alvo.

Você precisa ter claro onde você quer chegar e ter nesse norte no futuro, mas não ficar esperando que magicamente isso aconteça só olhando para o futuro esperando ele chegar para ser feliz, seu foco tem que ser no hoje, tendo certeza que chegará no objetivo. Qualquer um tem potencial de ser um disléxico de sucesso, exatamente, nós somos geniais para visualização e criatividade, use isso a seu favor, então a proposta é: Visualize esse seu objetivo bem claro e hoje de uma maneira criativa e fazendo esforços organizados para chegar lá, desenvolvendo sua melhor aptidão e com atitudes congruentes. E isso é uma escolha sua, você pode continuar vivendo sua vida do jeito que está, mas você é o responsável por ela e terá suas recompensas, não reclame depois.

Mude a Percepção de Si mesmo

Mude a maneira que você pensa a cerca de si mesmo, não te servem mais e só te deram os resultados que você tem agora, te limitando e comece usando a sua habilidade de imaginação para mentalizar como seria sua vida dos sonhos, sua vida ideal, como gostaria que fosse, rica em detalhes, se possível sinta o cheiro, ouça o que queria ouvir de você mesmo e das pessoas, veja como gostaria de ter o estilo de vida e o que gostaria de estar fazendo, tudo isso o mais claro possível, a partir disso você consegue organizar os seus esforços em torno desse objetivo para o que precisa ser feito hoje.

Aí te garanto que aconteça o que acontecer, se isso estiver claro para você nada irá te impedir e você terá uma fé inabalável que irá acontecer, mesmo que você não saiba exatamente como (e não precisa saber), você só precisa desenvolver a aptidão e a atitude necessária para seguir. Lembrando que o jeito com o que você faz uma coisa, você faz todas as outras, então tudo o que você assimilar, aplique e replique até que se acomode e vire um aprendizado, porque não há aprendizado sem mudança de comportamento.

É importante ter isso definido sabe porque? Porque se você não sabe pra onde vai como irá direcionar sua vida? Como você faz as malas se não sabe qual o destino da viagem? Não aprendemos no vácuo, é preciso ter uma direção e motivação do porque você está aprendendo determinado conhecimento, quando você só vai aprendendo no vácuo sem um objetivo chegará um momento que sua mente irá se atrofiar porque não saberá usar nada que foi aprendido porque não tem uma direção, voltando ao circulo do fracasso dando voltas e só gastando tempo e energia, resistindo sem deixar fluir.

Conclusão de como ser um Disléxico de Sucesso

Aprendi que para ser disléxico de sucesso é ter uma expansão progressiva da sua felicidade, então entenda que sua felicidade não está lá no alvo, está na verdade no progresso que você faz dia a dia para atingir esse alvo, sendo essencial ter um alvo claro (se não você andará em círculos). Crescimento progressivo cultivando as sementes de tudo o que vai aprendendo, desenvolvendo seus pontos fortes. NÃO SE DISTRAIA. Você é maior que dificuldades de leitura e escrita, você pode ser o que quiser, pare de escutar pessoas negativas (mesmo que sejam da sua própria família), não se identifique com sua mente! Não esqueça: Se conheça para além daquilo que você é!! Para isso as escolhas que você faz hoje definirá quem você será amanha. ASSUMA QUEM VOCÊ É: UM DISLÉXICO CHEIO DE CRIATIVIDADE E INTELIGÊNCIA ACIMA DA MÉDIA!

Tem dislexia e precisa de ajuda? Escreva para mim:

Cyntia Bernhoeft

  • Pedagoga e Psicopedagoga
  • Terapeuta
  • Educadora Parental

Email: cyntiabernhoeft@gmail.com

WhatsApp: (81) 99112-4535

Instagram: @cyntia_hoft

1 comentário


  1. Muito obrigado, suas palavras me fez me senti melhor, acabei de perde emprego nesse crise, meu medo é fazer a seleção na parte teórica, sempre só reprovado. Agora acredito quando tudo isso passa vou arranjar outro emprego na minha ária que amo que é vende veículos. Obrigada pela troca de espereicia.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *