Rádio Mackenzie: Programa sobre Dislexia | Entrevista com Pippo

Tempo de leitura: 2 minutos

Neste programa a Profa. Dra. Claudia Hardagh entrevista Pippo, criador do DislexClub (o maior blog de dislexia do Brasil). Em um bate-papo super descontraído, Pippo fala dos desafios de ser um jovem com dislexia, das barreiras que precisou superar na infância e dá orientações para pais que tenham filhos disléxicos.

Programa sobre Dislexia: Sinais e Sintomas

A forma como as dificuldades se manifestam ao longo da vida nos indivíduos com Dislexia se modifica conforme seu desenvolvimento, condições do meio onde vive e a gravidade das dificuldades de cada um. A identificação dos sinais de dificuldades de aprendizagem para o diagnóstico e as intervenções específicas devem ser realizadas o mais precocemente possível. Lembre-se: você é ferramenta essencial na vida do seu filho e pode, inclusive, mudar o seu futuro, ao possibilitar que ele(a) se desenvolva da maneira mais saudável possível!

Sinais de Dislexia na fase Pré-escolar

  • Demora na formação de frases completas;
  • Persistência de fala infantilizada;
  • Troca de fonemas (sons) na fala;
  • Demora na incorporação de palavras novas ao seu vocabulário;
  • Demora para perceber ou produzir rimas;
  • Dificuldade em reproduzir uma história na sequência correta;
  • Atraso para aprender cores, formas e números;
  • Dificuldade em escrever e reconhecer as letras do próprio nome;
  • Problemas para contar e lembrar nomes de símbolos;

Sinais de Dislexia no Fundamental 1

  • Inversão da grafia de letras e números, escrevendo “6” em vez de “9”;
  • Lentidão ao copiar o conteúdo da lousa;
  • Dificuldade para aprender as letras do alfabeto e a tabuada;
  • Dificuldade para planejar a grafia de letras e números;
  • Problemas ao soletrar, separar e sequenciar sons;
  • Dificuldade em escrever com a letra cursiva (de mão) por causa da preensão (forma de segurar) do lápis;

Sinais de Dislexia no Fundamental 2

  • Tendência a “inventar” ou “adivinhar” as palavras;
  • Dificuldade de soletração;
  • Resistência em ler em voz alta;
  • Prejuízo na organização da escrita e planejamento de tarefas que exigem que cálculo de tempo;
  • Demorar a finalizar as tarefas ou se prejudicar ao dividir o tempo para realização de questões em uma prova, deixando respostas em branco;
  • Dificuldade para compreender textos, piadas, provérbios, gírias, problemas matemáticos;

Sinais de Dislexia no Ensino Médio

  • Persistir com dificuldade para soletrar palavras complexas;
  • Tendência a problemas na compreensão leitora e na expressão escrita;
  • Vocabulário empobrecido;
  • Dificuldade para planejar e elaborar textos escritos, reproduzir histórias e entender conceitos abstratos;

Sinais de Dislexia na Universidade e Vida Adulta

  • É comum evitar atividades que exijam leitura ou matemática (mesmo estas sendo de lazer);
  • Uso constante de estratégias alternativas para ter uma melhor compreensão do material impresso, como busca por áudio-livros e utilização de mídia audiovisual ou de softwares de texto-pronúncia ou pronúncia-texto.

Para saber mais sobre os Sinais da Dislexia, baixe o Material Todos Entendem

1 comentário


  1. Descobri a dislexia no meu filho com 9 anos, quer dizer aos 9 começou minha luta pela descoberta diagnóstico mesmo aos 11 anos, foi uma luta desde então tramentos com psicólogos, e pisicopedagico, e medicamento pq tbm tem transtorno de humor, bipolaridade.
    Agora terminou o ensino médio, fez o Enem com ajuda de um leitor, mas esta com medo de ingressar na faculdade devido ao transtorno, pelo fato q sofreu bullying avida toda na escola sendo chamado de retardado, nao sei como agir com ele .
    Esta com 20 anos nao posso obriga lo ,embora eu sempre estou tentando fazer com q ele entenda que mesmo seja com dificuldades ele tem q pensar no futuro dele.
    Estudou a vida toda em escola públicas sera q ele tem direito a entrar em uma faculdade, pelo fato de ter dislexia e ter prestado o Enem em 2018?quais órgãos tenho q procurar pra saber
    como proceder pra ajuda lo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *