5 Caminhos para o Disléxico Achar sua Vocação

5 Caminhos para o Disléxico Achar sua Vocação

Tempo de leitura: 6 minutos

Muitas pessoas tem dúvidas sobre o que vão fazer do futuro, por isso montamos os 5 Caminhos para o Disléxico Achar sua Vocação. Acredito que até esse momento o foco da sua atenção foi em sua dificuldade, mas a dislexia não é apenas isso, você tem muitas habilidades, mas sem desenvolve-las nunca irão se manifestar. A vocação flui naturalmente quando estamos conectados com nossa essência, dons e talentos. O problema está juntamente porque poucos disléxicos conhecem suas habilidades por muitas vezes considerarem que nem mesmo as tem, porém, basta um pouco de paciência e investigação e irá conseguir descobri-las.

1) Para o Disléxico Achar sua Vocação: Descubra o que Gosta

Se você começar a desenvolver a área que mais gosta, o que poderá acontecer? Alavancaria seu desempenho e sua autoestima naturalmente, sem nenhum esforço muito grande porque estará motivado e focado no que gosta, conseguiria elevar as outras que não é tão bom, isso já está comprovado pela neurociência. Então quando chegar o momento de escolher sua profissão, não terá dúvidas, pois o seu foco para essa escolha estará onde realmente deve. Mas por causa de muitos fatores externos acabamos ignorando esse fato, e é muito mais olhado ao que funciona com as outras pessoas, esquecendo muitas vezes que o foco precisa ser em nós, no que a gente gosta e tem habilidade, e não no que dá certo com os outros.

2) Tenha Referências

Para o Disléxico Achar sua Vocação também é importante ter bases sólidas e um ponto de referência forte, para seguir confiante a conquistar o que determinou mesmo que algumas pessoas te falem o contrário. Você pode usar a vida de alguns disléxicos de sucesso como inspirações, para perceber que é possível. Você possui um modo de pensar a cerca de si mesmo, de acordo com coisas que te falaram e podem ter marcado.

3) Não Abandone sua Individualidade

Mas não determina quem de fato quem você é, você é único, incomparável e original, sabia? Você tem habilidades somente suas e somente você pode fazer o que você faz da maneira como você faz. Você pode tornar-se uma pessoa extremamente ousada e criativa, só precisa mudar o modo como você pensa sobre si mesmo e obter motivação para perseguir os sonhos que quiser. Porque a opinião que os outros tem ou tiveram a seu respeito é mais importante do que a sua sobre si mesmo? Porque até agora só fixaram a atenção nos pontos fracos da dislexia? Existem inúmeros pontos fortes e com isso você ganha infinitas possibilidades.

4) Não se Ache Menos Inteligente

O sentimento que na falta inteligência é um dos maiores dos nossos problemas, e a dislexia também nunca foi a falta dela, é importante deixar isso claro mais uma vez. Não importa o quanto tentamos esconder ou disfarçar, sempre há aquele temor de não termos a inteligência necessária e isso é reforçado em nossa mente por nós mesmos e tudo o que acreditamos que nos disseram. Isso confirma que a maioria dos disléxicos possui uma crença estabelecida a cerca do nível de inteligência, em algum momento da nossa vida criamos essa convicção sobre como nos vemos em relação a isso (se somos inteligentes ou não) e o mais louco é que raramente paramos para pensar a respeito disso.

A Dislexia Não te Torna Menos Inteligente

Te convido a parar de aceitar e viver uma situação que te foi oferecida apesar do desconforto que ela causa, ou seja, se você foi induzido a acreditar que é impotente diante de uma circunstancia, é muito provável que passe a aceita-la com o normal sendo sua tendência, agir de maneira passiva diante da vida e aí começar a acreditar que não é inteligente. Percebe as consequências? Mas a dislexia não é falta de inteligência não é mesmo? É apenas uma maneira funcional cerebral diferente, aceitando essa condição podemos olhar para nós mesmos por outra perspectiva e achar nossa habilidade natural para poder desenvolve-la, e assim, criamos nosso propósito e achamos nossa vocação.

Cuidado com Pensamentos Destrutivos

Durante nossa vida escolar não desenvolvemos apenas conhecimento, desenvolvemos também a ideia sobre quem acreditamos ser, e quando somos constantemente induzidos a crer que não somos inteligentes por não estar acompanhando a turma como deveria por conta da dislexia e também não conseguirmos bons desempenho nos testes desenvolvemos esse sentimento de inferioridade e por isso passamos a acreditar que não adianta sonhar grande, uma vez que só os chamados inteligentes de fato terão chances de realizar grandes coisas. Esse pensamento nos faz viver passivamente, de modo aceitar a realidade em que vivemos, mesmo que ela cause dor e sofrimento.

Para o Disléxico Achar sua Vocação Mude a Percepção de si Mesmo

Ouso dizer então que nosso problema nunca foi a dislexia, como nos disseram, na verdade a dislexia nos dá dons que precisamos conhecer e desenvolver. Então o problema está onde? No nosso pensamento, pois por não nos acharmos inteligentes nossa vida vira um eterno esforço inútil de representar uma identidade falsa sobre quem não somos, e esse sentimento nasce do nosso modo de pensar e não da nossa inteligência, como queriam que a gente acreditasse, deixando a gente impotente e criando uma imagem negativa de nós mesmos que afetará completamente nossa postura diante da vida, não encontrando a nossa vocação, trazendo para nós um sentimento de incapacidade e frustação.

5) Veja Atividades que você Possui Talento

É importante definir sua vocação sobre a atividade que possui talento, isso lhe dará uma enorme vantagem na hora de desenvolve-la. Quando agimos na área do nosso talento, tudo se conecta naturalmente, pense numa coisa que para você é tão fácil que você acha que todos a fazem com a mesma facilidade, mas ser fácil para você não significa ser para todos, e você só será bom se desenvolver essa habilidade, não adianta ter um talento e não fazer nada a respeito. Você precisa descobrir qual é essa atividade, depois onde dentro dessa atividade está sua maior paixão e construir sobre ela o objetivo da sua vocação.

Bônus: Para o Disléxico Achar sua Vocação Tenha Entusiasmo

Outra dica para o Disléxico Achar sua Vocação é, faça o que te entusiasma e não espere se sentir entusiasmado para então fazer algo. O entusiasmo vem de dentro e pare de trazer coisas de fora para que você se sinta entusiasmado. A resposta está dentro de você. Cale todas as vozes e escute. Sua intuição sabe o caminho, confie nela.

Você ou seu filho está precisando de ajuda? Escreva para mim:

Cyntia Bernhoeft

  • Pedagoga e Psicopedagoga
  • Terapeuta
  • Educadora Parental

Email: cyntiabernhoeft@gmail.com

WhatsApp: (81) 99112-4535

Instagram: @cyntia_hoft

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *