Segredos para os Disléxicos Melhorarem na Aprendizagem em 2021

Tempo de leitura: 2 minutos

Sabemos que os disléxicos, por terem um Transtorno do Neurodesenvolvimento, seus primeiros sinais começam a surgir desde muito pequenos. Na Educação Infantil, acompanhar a turma já começa, sutilmente, se tornar um ponto de alerta. Afinal, é nesta fase que o desenvolvimento das habilidades metalinguísticas começa a acontecer. Bem, diante disso, claro que as cobranças, sutis também, apontam. E é no período da alfabetização que tudo pode começar a caminhar mais lentamente.

Potencial Intelectual dos Disléxicos

O fato é, as dificuldades são precoces, mas definitivamente, o potencial intelectual do disléxico pode ser colocado à prova tanto quanto o dos demais. Esta afirmação está no Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais – DSM 5.

Nele encontramos os critérios para se fechar o diagnóstico e uma das condições é que a pessoa tenha sua inteligência preservada – este dado se obtém por meio de uma Avaliação Neuropsicológica.

Primeiro Segredo

Isso dito, o PRIMEIRO segredo é: os disléxicos acreditar em seu potencial! Eles podem tanto! Suas dificuldades não podem sucumbir suas potencialidades. Faça isso contribuindo com frases encorajadoras, oferecendo recursos e acima de tudo, mostrando seus sucessos.

Segundo Segredo para Disléxicos

O SEGUNDO segredo é: utilize recursos visuais para que a repetição aconteça de modo terno.

Estar diante do mesmo estímulo repetidas vezes contribuirá para a consolidação do aprendizado. Faça isso harmoniosamente! Lembre-se, os disléxicos apresenta potencial dificuldade na Memória Operacional.

Esta é a responsável por ouvirmos ou vermos o estímulo e por um curto período de tempo, mantê-lo ativo até que a tarefa seja cumprida. Os disléxicos tende a perder as informações com facilidade, não retendo, portanto, o aprendizado.

Terceiro Segredo para Disléxicos

O TERCEIRO e maior segredo de todos está na integração da família, escola e equipe multidisciplinar que acompanha a pessoa com Dislexia. A construção de recursos personalizados, baseados na necessidade exclusivamente daquele disléxico é o que há de mais respeitoso.

O professor bem orientado, passará um ensino adequado; a família, ofertará compreensão e acolhimento; e a equipe multidisciplinar, um tratamento excepcional.

Praticar estes segredos = Vivenciar o melhor prognóstico. Diagnóstico não é rótulo, é bússola!

Precisando de ajuda para seu fillho? Entre em contato com a gente! Espaço Eros – Psicologia e Educação @espacoeros_tatuape
📞 11 3181-5002⠀
📲 11 97269-3299⠀
✉ recepcao@espacoeros.com.br⠀
🖥 www.espacoeros.com.br⠀
📍Rua Apucarana, 1598 – Tatuapé – São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *